Moradia em declive. Almada. Abril de 2023.

1. Dados Gerais do Projeto “Moradia em declive. Almada.”

  • Nome do projeto: Moradia em declive. Almada.
  • Tipo de obra: Obra de construção de uma moradia unifamiliar
  • Localização da obra: Almada
  • Cliente: Particular

2. Projeto de Arquitetura

O descrito em relação ao Projeto de Arquitetura, é no essencial, o que consta da respetiva Memória Descritiva.

2.1 Autoria do Projeto de Arquitetura

Autoria da Arquitetura do projeto “Moradia em em declive. Almada.”: GPU – Gabinete de Planeamento e Urbanização

2.2 Enquadramento

Trata-se de uma moradia unifamiliar isolada, constituída pela estrutura principal, piscina e muros de vedação.

Considerando a orientação solar do lote, optou-se por implantar a moradia paralela ao muro direcionado a Nordeste para que todos os quartos sejam banhados com sol.

Devido às características naturais do terreno, com um acentuado desnível frente/tardoz na ordem dos seis metros, decidiu-se não destinar a cave a garagem. Em vez disso, foram criados dois estacionamentos na lateral direita (a Nordeste) no interior do lote.

2.3 Descrição do edifício

A moradia, destinada a habitação própria e permanente, é de tipologia T3 e tem a seguinte composição:

2.3.1 Piso -1 ou Cave

No Piso -1 ou Cave, está localizado um espaço para máquinas, como as destinadas à lavagem de roupas. A restante área é reservada para arrumos.

Moradia em declive. Almada. Projeto de Arquitetura. Planta do Piso -1.
Moradia em declive. Almada. Projeto de Arquitetura. Planta do Piso -1.

2.3.2 Piso 0 ou Rés do Chão

No Piso 0 ou Rés de chão, ou nível da entrada para a moradia, temos um átrio que distribui para a sala comum, cozinha e uma instalação sanitária social. Sala, cozinha e escadas de acesso ao piso dos quartos, em open space.

Moradia em declive. Almada. Projeto de Arquitetura. Planta do Piso 0.
Moradia em declive. Almada. Projeto de Arquitetura. Planta do Piso 0.

2.3.3 Piso 1 ou 1º Andar

O Piso 1 ou 1º andar, é composto por dois quartos, uma instalação sanitária e uma suite com zona de dormir, vestir e casa de banho privativa.

Moradia em declive. Almada. Projeto de Arquitetura. Planta do Piso 1.
Moradia em declive. Almada. Projeto de Arquitetura. Planta do Piso 1.

2.4 Sistema construtivo e acabamentos

A estrutura da moradia é de betão armado.

As paredes interiores são de alvenaria de tijolo cerâmico. As paredes exteriores são de blocos térmicos, com isolamento aplicado no exterior.

Interiormente as paredes são estucadas e os tectos são revestidos a pladur. Cozinha e casas de banho, são revestidas a azulejo até à altura de 2,00 metros.

Os pavimentos são revestidos com mosaico cerâmico, exceto a sala e os quartos que são em pavimento flutuante.

2.5 Áreas e parâmetros urbanísticos globais

Área do terreno ou lote: 308.00 m2
Área de implantação: 60.33 m2

Área de construção do piso -1 (ou cave): 59.10 m2
Área de construção do piso 0 (ou rés do chão) passa para 60.33 m2 (habitação)
Área de construção do piso 1 (ou 1º andar) passa para 74.93 m2 (habitação)

Área total de construção para habitação: 135.26 m2 (pisos 0 e 1)
Área total de construção para a moradia: 194.36 m2 (3 pisos)

Volumetria: 585.44 m3
Cércea: 6.50 m

Área impermeável: 205.96 m2
Área permeável: 102.04 m2
Índice de impermeabilidade: 0.668
Índice de permeabilidade: 0.331

2 Lugares de estacionamento no interior do lote.

3. Projeto de Estabilidade

3.1 Autoria do Projeto de Estabilidade

Autoria da Estabilidade, deste projeto “Moradia em Almada”: António Marquês

3.2 Generalidades da Estrutura e Fundações

Imóvel que se desenvolve em três pisos – dois pisos, mais cave – com características próprias de um edifício de estrutura em betão armado, constituído por lajes maciças e aligeiradas, vigas, pilares, muros e sapatas, de betão armado do tipo: Betão C25/30 (B30) e Aço S-500.

O número de patamares considerados no Projeto de Estruturas, para esta moradia em Almada, foi de seis, designadamente e por ordem ascendente:

  • Nível 1: Fundação 1;
  • Nível 2: Fundação 2;
  • Nível 3: Piso da Cave;
  • Nível 4: Tecto da Cave;
  • Nível 5: Tecto do Rés do Chão;
  • Nível 6: Tecto do 1º Andar / Cobertura.

Os recobrimentos adotados foram de 5 centímetros para as sapatas e vigas de fundação e de 3 centímetros para as restantes peças. No projeto, foi adotada uma espessura de 25 centímetros para as secções de pilares e vigas.

3.3 Quantidades da Obra

As quantidades obtidas para a obra, foram de 144,12 metros cúbicos de betão e 17231 quilogramas de aço. Para o Projeto de Estruturas desta moradia em Almada, foi utilizado software BIM, gerador de ficheiros IFC.

3.4 Legislação

A estrutura foi calculada e dimensionada segundo os Eurocódigos, designadamente o Eurocódigo 2, relativo ao Projeto de Estruturas de Betão e o Eurocódigo 8, relativo ao Projeto de Estruturas em Regiões Sísmicas

4. Descrição das imagens constantes da galeria de imagens

  • Imagem 1: Projeto de Arquitetura. Imagens do modelo 3D da Arquitetura.
  • Imagem 2 a 7: Projeto de Estruturas e Fundações: fundações, diferentes plantas das fundações, diferentes patamares das fundações e vistas 3D das fundações.
  • Imagem 8 e 9: Projeto de Estruturas e Fundações: Piso da Cave, planta e vista 3D.
  • Imagem 10 e 11: Projeto de Estruturas e Fundações: Tecto da Cave, planta e vista 3D.
  • Imagem 12 e 13: Projeto de Estruturas e Fundações: Tecto da RC, planta e vista 3D.
  • Imagem 14 e 15: Projeto de Estruturas e Fundações: Tecto do 1º / Cobertura, planta e vista 3D.
  • Imagem 16: Projeto de Estruturas e Fundações: Corte, com os diferentes patamares da estrutura.
  • Imagem 17 e 18: Projeto de Estruturas e Fundações: Vistas 3D do modelo dimensionado.
  • Imagem 19 e 20: Projeto de Estruturas e Fundações: Desenhos das fundações.
  • Imagem 21: Projeto de Estruturas e Fundações: Desenhos das vigas.
  • Imagem 22: Projeto de Estruturas e Fundações: Tecto do RC, armaduras das lajes.
  • Imagem 23: Projeto de Estruturas e Fundações: Vista 3D da cobertura.
  • Imagem 24: Projeto de Estruturas e Fundações: Tecto do 1º / Cobertura, armaduras das lajes.