Moradia em Sintra. Março de 2021.

1. Dados Gerais do Projeto “Moradia em Sintra”

  • Nome do projeto: Moradia em Sintra
  • Tipo de obra: Obra de construção de uma moradia unifamiliar
  • Localização da obra: Sintra, Portugal
  • Cliente: Particular

2. Projeto de Arquitetura

O descrito em relação ao Projeto de Arquitetura, é no essencial, o que consta da respetiva Memória Descritiva. E créditos devem ser dados ao seu autor.

2.1 Autoria do Projeto de Arquitetura

Autoria da Arquitetura do projeto “Moradia em Sintra”: Seixal, Gabinete de Ideias

2.1 Enquadramento

Moradia isolada, em lote com bastante comprimento, mas com frente relativamente reduzida por comparação. No que respeita ao terreno, o mesmo apresenta inclinação algo acentuada.

Tendo em conta as condicionantes do lote, optou-se por uma solução em “L” com a construção a envolver a zona da piscina. A piscina fica instalada na lateral direita do lote.

A garagem está localizada ao nível da cave. A entrada da mesma terá acesso perto da cota natural do terreno, tirando proveito do perfil do terreno do lote.

A entrada da garagem fica localizada no alçado posterior, e o corredor de acesso para a garagem, será localizado na lateral esquerda do lote. O local, sendo de caracter urbano, encontra-se servido de todas as infraestruturas básicas.

Tratando-se de uma zona essencialmente de moradias procurou-se enquadrar o edifício na malha urbana existente, tirando proveito da sua baixa volumetria, assim como da cércea e das cores e materiais a utilizar. O projeto para esta moradia em Sintra, apresenta bastante área de terreno permeável.

2.2 Descrição do edifício

Trata-se de um imóvel de três pisos e um fogo destinado a habitação. Moradia unifamiliar. A tipologia é T5. No que a acessos diz respeito, o acesso principal é feito pela frente do lote, localizado a Sul. Os pisos comunicam por um acesso vertical interior.

2.3.1 Rés do chão

O rés do chão é composto por uma cozinha, por uma sala comum de dimensões generosas, um quarto e um escritório. Sendo estas divisões servidas por uma casa de banho de apoio.

2.3.2 Piso 1

No piso superior existem três quartos, cada um deles com casa de banho privativa e com varanda.

2.3.3 Cave com garagem

O edifício inclui ainda outro piso, constituído por uma cave para garagem e arrumos. Este piso mais inferior, é justificado pelo acentuado desnível do terreno do lote.

2.3 Sistema construtivo e acabamentos

A Estrutura é em betão armado com fundações diretas e lajes maciças. A construção é do tipo tradicional com paredes exteriores em alvenaria de tijolo e isolamento pelo exterior.

Os pavimentos interiores são em mosaico hidráulico ou pedra no hall de entrada, casas de banho e cozinha. A sala e os quartos são em piso flutuante.

As paredes interiores são acabadas a tinta de água, sendo nas casas de banho e cozinha revestidas a azulejo até à altura das vergas das portas.

Os tectos são estucados e pintados, levando eventualmente tecto falso. As janelas são de duas folhas, de abrir com caixilharia em P.V.C. com corte térmico e providas de estores. A cobertura da moradia, em terraço, é revestida a tela de forma a garantir um correto isolamento.

2.4 Áreas e parâmetros urbanísticos globais

  • Área do lote: 630.00 m2;
  • Área de Implantação: 141.90 m2;
  • Área da Cave: 65.20 m2;
  • Área do Rés do Chão: 148.20 m2;
  • Área do Piso 1: 109.20 m2;
  • Área de Construção (Rés do Chão + Piso 1): 257.40 m2;
  • Área de varandas: 22.00 m2;
  • Área exterior coberta (alpendres): 28.30 m2;
  • Área da Pérgula: 5.50 m2;
  • Área bruta de Construção: 322.60 m2;
  • Volume da piscina: 42.05 m3;
  • Índice de ocupação: 0.22;
  • Índice de construção: 0.40;
  • Total de impermeabilização do lote: 218.750 m2;
  • Área permeável (terreno vegetal): 203.30m2;
  • Cércea: 7.06 m;

3. Projeto de Estabilidade

3.1 Autoria do Projeto de Estabilidade

Autoria da Estrutura e Fundações, deste projeto “Moradia em Sintra”: António Marquês

3.2 Patamares da Obra

Tal como descrito no Projeto de Arquitetura, trata-se de um imóvel que se desenvolve em três pisos, ou dois pisos mais cave.

O número de patamares considerado no Projeto de Estabilidade, para esta moradia em Sintra, foi de quatro. Nomeadamente e por ordem ascendente:

  • Nível 1: Fundação;
  • Nível 2: Tecto da Cave;
  • Nível 3: Tecto do Rés do Chão;
  • Nível 4: Tecto do Piso 1 / Cobertura.
Moradia em Sinta. Patamares da Estrutura.

3.3 Generalidades da Estrutura e Fundações

A estrutura da moradia, tem características próprias de um edifício de estrutura em betão armado, constituído por lajes maciças, vigas, pilares, e elementos de fundação, de betão armado do tipo: Betão C25/30 (B30) e Aço A500.

Os recobrimentos adotados são de 5 centímetros para as sapatas e vigas de fundação. Para os restantes elementos, o recobrimento adotado é de 3 centímetros.
A estrutura é projetada com uma espessura de 25 centímetros para as secções de pilares e vigas.

3.4 Quantidades da Obra

As quantidades obtidas para a obra, foram as seguintes:

  • Fundações (Sapatas isoladas, sapatas contínuas e vigas de equilíbrio): 34,500 metros cúbicos de betão e 2 011 quilogramas de varões de aço;
  • Estrutura: 167,92 metros cúbicos de betão e 16 533 quilogramas de aço.

Para o Projeto de Estruturas desta moradia, foi utilizado software BIM (Building Information Modeling), gerador de ficheiros IFC (Industry Foundation Classes).

3.5 Legislação

Em Março de 2021, a estrutura desta moradia em Sintra, foi calculada e dimensionada, segundo o Regulamento de Segurança e Acções (RSA), e o Regulamento de Estruturas de Betão Armado e Pré-Esforçado (REBAP).

4. Descrição das imagens constantes da galeria de imagens

  • Imagem 1, 2 e 3: Projeto de Arquitetura. Imagens do modelo 3D da Arquitetura.
  • Imagem 4: Projeto de Estruturas. Planta da Fundação: Estrutura na Arquitetura.
  • Imagem 5: Projeto de Estruturas. Planta da Fundação: Estrutura.
  • Imagem 6: Projeto de Estruturas. Vistas 3D. Fundação e respetiva armadura.
  • Imagem 7: Projeto de Estruturas. Plantas do Tecto da Cave.
  • Imagem 8: Projeto de Estruturas. Plantas do Rés do Chão.
  • Imagem 9: Projeto de Estruturas. Plantas do Tecto do Piso 1 / Cobertura.
  • Imagem 10: Projeto de Estruturas. Imagens do modelo 3D da Estrutura.
    Designadamente dos 4 patamares da obra. Patamar 1: Fundação, Patamar 2: Tecto da Cave, Patamar 3: Tecto do Rés do Chão, Patamar 4: Tecto do Piso 1 / Cobertura.