Moradia em Sintra. Março de 2021.

1. Dados Gerais do Projeto “Moradia em Sintra”

  • Nome do projeto: Moradia em Sintra
  • Tipo de obra: Obra de construção de uma moradia unifamiliar
  • Localização da obra: Sintra
  • Cliente: Particular

2. Projeto de Arquitetura

O descrito em relação ao Projeto de Arquitetura, é no essencial, o que consta da respetiva Memória Descritiva.

2.1 Autoria do Projeto de Arquitetura

Autoria da Arquitetura do projeto “Moradia em Sintra”: Seixal, Gabinete de Ideias

2.1 Enquadramento

Moradia isolada, em lote com bastante comprimento, mas com frente relativamente reduzida por comparação. No que respeita ao terreno, o mesmo apresenta inclinação algo acentuada.

Tendo em conta as condicionantes do lote, optou-se por uma solução em “L” com a construção a envolver a zona da piscina. A piscina fica instalada na lateral direita do lote.

A garagem está localizada ao nível da cave. A entrada da mesma terá acesso perto da cota natural do terreno, tirando proveito do perfil do terreno do lote.

A entrada da garagem fica localizada no alçado posterior, e o corredor de acesso para a garagem, será localizado na lateral esquerda do lote. O local, sendo de caracter urbano, encontra-se servido de todas as infraestruturas básicas.

Tratando-se de uma zona essencialmente de moradias procurou-se enquadrar o edifício na malha urbana existente, tirando proveito da sua baixa volumetria, assim como da cércea e das cores e materiais a utilizar. O projeto para esta moradia em Sintra, apresenta bastante área de terreno permeável.

2.2 Descrição do edifício

Trata-se de um imóvel de três pisos e um fogo destinado a habitação. Moradia unifamiliar. A tipologia é T5. No que a acessos diz respeito, o acesso principal é feito pela frente do lote, localizado a Sul. Os pisos comunicam por um acesso vertical interior.

2.3.1 Rés do chão

O rés do chão é composto por uma cozinha, por uma sala comum de dimensões generosas, um quarto e um escritório. Sendo estas divisões servidas por uma casa de banho de apoio.

Moradia em Sintra. Projeto de Arquitetura. Planta do Rés do Chão.
Moradia em Sintra. Projeto de Arquitetura. Planta do Rés do Chão.

2.3.2 Piso 1

No piso superior existem três quartos, cada um deles com casa de banho privativa e com varanda.

Moradia em Sintra. Projeto de Arquitetura. Planta do Piso 1.
Moradia em Sintra. Projeto de Arquitetura. Planta do Piso 1.

2.3.3 Cave com garagem

O edifício inclui ainda outro piso, constituído por uma cave para garagem e arrumos. Este piso mais inferior, é justificado pelo acentuado desnível do terreno do lote.

Moradia em Sintra. Projeto de Arquitetura. Planta da Cave.
Moradia em Sintra. Projeto de Arquitetura. Planta da Cave.

2.3 Sistema construtivo e acabamentos

A Estrutura é em betão armado com fundações diretas e lajes maciças. A construção é do tipo tradicional com paredes exteriores em alvenaria de tijolo e isolamento pelo exterior.

Os pavimentos interiores são em mosaico hidráulico ou pedra no hall de entrada, casas de banho e cozinha. A sala e os quartos são em piso flutuante.

As paredes interiores são acabadas a tinta de água, sendo nas casas de banho e cozinha revestidas a azulejo até à altura das vergas das portas.

Os tectos são estucados e pintados, levando eventualmente tecto falso. As janelas são de duas folhas, de abrir com caixilharia em P.V.C. com corte térmico e providas de estores. A cobertura da moradia, em terraço, é revestida a tela de forma a garantir um correto isolamento.

2.4 Áreas e parâmetros urbanísticos globais

Área do lote: 630.00 m2;
Área de Implantação: 141.90 m2;

Área da Cave: 65.20 m2;
Área do Rés do Chão: 148.20 m2;
Área do Piso 1: 109.20 m2;
Área de Construção (Rés do Chão + Piso 1): 257.40 m2;

Área de varandas: 22.00 m2;
Área exterior coberta (alpendres): 28.30 m2;
Área da Pérgula: 5.50 m2;

Área bruta de Construção: 322.60 m2;
Volume da piscina: 42.05 m3;

Índice de ocupação: 0.22;
Índice de construção: 0.40;

Total de impermeabilização do lote: 218.750 m2;
Área permeável (terreno vegetal): 203.30m2;
Cércea: 7.06 m;

3. Projeto de Estabilidade

3.1 Autoria do Projeto de Estabilidade

Autoria da Estrutura e Fundações, deste projeto “Moradia em Sintra”: António Marquês

3.2 Patamares da Obra

Tal como descrito no Projeto de Arquitetura, trata-se de um imóvel que se desenvolve em três pisos, ou dois pisos mais cave.

O número de patamares considerado no Projeto de Estabilidade, para esta moradia em Sintra, foi de quatro. Nomeadamente e por ordem ascendente:

  • Nível 1: Fundação;
  • Nível 2: Tecto da Cave;
  • Nível 3: Tecto do Rés do Chão;
  • Nível 4: Tecto do Piso 1 / Cobertura.
Moradia em Sinta. Patamares da Estrutura.

3.3 Generalidades da Estrutura e Fundações

A estrutura da moradia, tem características próprias de um edifício de estrutura em betão armado, constituído por lajes maciças, vigas, pilares, e elementos de fundação, de betão armado do tipo: Betão C25/30 (B30) e Aço A500.

Os recobrimentos adotados são de 5 centímetros para as sapatas e vigas de fundação. Para os restantes elementos, o recobrimento adotado é de 3 centímetros.
A estrutura é projetada com uma espessura de 25 centímetros para as secções de pilares e vigas.

3.4 Quantidades da Obra

As quantidades obtidas para a obra, foram de 167,92 metros cúbicos de betão e 16533 quilogramas de aço. Para o Projeto de Estruturas desta moradia, foi utilizado software BIM, gerador de ficheiros IFC.

3.5 Legislação

Em Março de 2021, a estrutura desta moradia em Sintra, foi calculada e dimensionada, segundo o Regulamento de Segurança e Acções (RSA), e o Regulamento de Estruturas de Betão Armado e Pré-Esforçado (REBAP).

4. Descrição das imagens constantes da galeria de imagens

  • Imagem 1, 2 e 3: Projeto de Arquitetura. Imagens do modelo 3D da Arquitetura.
  • Imagem 4: Projeto de Estruturas. Planta da Fundação: Estrutura na Arquitetura.
  • Imagem 5: Projeto de Estruturas. Planta da Fundação: Estrutura.
  • Imagem 6: Projeto de Estruturas. Vistas 3D. Fundação e respetiva armadura.
  • Imagem 7: Projeto de Estruturas. Plantas do Tecto da Cave.
  • Imagem 8: Projeto de Estruturas. Plantas do Rés do Chão.
  • Imagem 9: Projeto de Estruturas. Plantas do Tecto do Piso 1 / Cobertura.
  • Imagem 10: Projeto de Estruturas. Imagens do modelo 3D da Estrutura.
    Designadamente dos 4 patamares da obra. Patamar 1: Fundação, Patamar 2: Tecto da Cave, Patamar 3: Tecto do Rés do Chão, Patamar 4: Tecto do Piso 1 / Cobertura.